terça-feira, 23 de julho de 2013

LIVRE!

Um dia vi uma ave...
a voar livre!



Nesse dia conheci um cordeiro que alto balia e com força marrava.


Mais tarde um lobo que forte uivava ...
nos olhos desse lobo havia luz e determinação, no seus gestos havia doçura.


Por mais rudes e secas as palavras e apesar da firmeza da voz, os seus gestos são de um oposto místico, de meigos carinhosos.

Google Imagens


O velho ditado diz que nem tudo é o que parece!
Além disso eu digo por mais frio que se queira ser se desperta curiosidade por finos gestos e suaves toques.


Tarde de toiros na Póvoa de Varzim

Infelizmente os toiros eram fracos restou o brilho dos cavalos o empenho dos forcados e as palmas do pouco publico. Musica da Banda foi pouca pois o Director da corrida estava mais preocupado com as mensagens que recebia no telemóvel. 















Sem comentários:

Enviar um comentário