sábado, 8 de abril de 2017

Os Galgos

Capítulo II

Considerado cão real no Egito Antigo, o saluki é provavelmente a raça mais antiga de cães domesticados. Usados para rastrear e levantar presas em caçadas árabes, eram ainda mumificados ao lado de faraós, o que representa o grande valor com o qual eram estimados naqueles tempos.
É possível portanto admirar os galgos desde a muitas centenas de anos. 
O antigo Egito mostra e reflete a admiração pelos galgos através da sua representação em inúmeras das suas representações. 
Há quem diga até que o deus Seth representa um galgo Aparece como um estranho galgo com longas orelhas cortadas, focinho recurvado e longa cauda fendida. Filho de Geb e de Nut, Seth é um deus complexo e ambíguo. Contudo Seth poderá ter ainda na sua representação outros animais. 



Ao longo da história é contudo possível ver representado em várias pinturas o galgo como companhia de Reis e Imperadores.
Na Roma antiga o galgo é caçador e acompanhante dos aristocratas seguindo assim a tradição vinda do Antigo Egito.

Leque do túmulo de Tutankamon 

Escultura encontrada no Sul de Roma ( British  museum)


   No caso português umas das mais belas pinturas da imagem do rei D. Sebastião. 




Porque são os galgos tão mágicos?




Final do Campeonato Nacional de Galgos de Pista Decorreu hoje em Bombarral a final do campeonato Nacional. A prova organizada pela Federa...