domingo, 22 de junho de 2014

Mal interpretados



Caçadores e Toureiros Vs protectores dos animais




É pena que se veja vista e colocada desta forma a relação entre caçadores toureiros e os protectores dos animais.

Proteger os animais é mais que fazer manifestações que tentam mostrar que os direitos dos animais estão a ser quebrados e que dizem que caçadores e toureiros são assassinos.

É muito mais que isso!

É bom mover maças e acordar as populações para as causas dos animais todos somos seres vivos.

Toda a vida houve competição e assim será toda a vida houveram maus e bons seres, mas mais que isso todos devemos ser justos e compreender o que realmente é a caça o toureio e outras actividades acusadas de não terem respeito pelos animais.

É MENTIRA, UMA GRANDE MENTIRA!

Um verdadeiro caçador é o primeiro a saber gerir e ordenar espaços de forma a proteger e conservar as espécies cinegéticas. Não se deve nunca esquecer que são os próprios caçadores que muitas vezes tratam do repovoamento cinegético a nível do país.

Um bom caçador tem amor a natureza cuida dos seus cães e gosta de poder chegar ao campo e ver os animais livres. Não passa só por matar e aquilo que mata desde que seja um "bom caçador" pode gostar de matar sim mas gosta e quer que os animais se reproduzam e possam viver livres. 

Assim acontece com o toureio. Esta é uma arte mal compreendida e muitas vezes mal conhecida.  Falo por mim gosto de ver os cavalos e o risco que correm toureiros e forcados em frente do touro mas é um mundo desconhecido mas contudo tenho como certo que há respeito entre todos.

Exemplo disto é a recuperação de touros como sementais. Sim isso existe nem todos ou touros têm como fim o matadouro, alguns terminam as suas vidas no campo. 

Tenho como certo também que todos nos devemos respeitar, isso quer dizer que tanto os vegetarianos os fundamentalistas de qualquer credo ou religião ou então de qualquer convicção o mais moderado ou modesto o caçador ou o protector dos animais (e todas as outras classes) têm direito a vida. Contudo acho de singular importância a busca pelo equilíbrio.

Como se costuma dizer:

"Nem oito nem oitenta."

"Nem tanto ao mar nem tanto à terra."

O mais importante que levamos desta vida é ser feliz! 




Sem comentários:

Enviar um comentário